Dança brasileira, ginga de capoeira!

quinta-feira, 25 de março de 2010

Por Jéssica Cajado em Dança é arte e dançar faz parte

capoeira3 Bom dia, boa tarde e boa noite aos queridos leitores e apreciadores da dança e seus ritmos variados.

No post passado falamos da dança milenar e sensual do oriente médio, a Dança do Ventre, com o belo vídeo da Jú Marconato e seus respectivos significados, muito interessante por sinal e aproveitando pra agradecer os comentários carinhosos dos amigos e ver a interatividade do público masculino me deixou feliz pelo retorno, acho que mexeu um pouquinho com a cabeça deles.

Mas vamos lá, a coluna Dança é arte e dançar faz parte traz até vocês a partir do post de hoje as danças das nações e suas culturas diversas, e nada melhor como estrear com uma luta afro cheia de ginga brasileira e por que não a chamada "CAPOEIRA".

Pra não bitolar muito em fontes wikipedianas, decidi inovar comentando sobre uma direção nacional que mostra muito o lado desse patrimônio cultural brasileiro desde o ano de 2008.

capoeira9 Capoeira é ginga, é dança, é cultura, é luta de um povo que queria ter seus direitos respeitados.

No ano de 1924 a escravidão no Brasil havia sido habolida há 40 anos e mesmo assim os negros eram tratados como escravos,o candomblé, religião desenvolvida pela cultura afro, era reprimida e a capoeira proibida por lei.

Os negros começam a se organizar para terem seus direitos respeitados e sempre tinham líderes que se tornavam uma espécie de rei e guardião de seu povo por causa de suas contantes lutas pelos seus direitos, eram brutalmente judiados pelos senhores de engenho e seus capatazes e muitas das vezes jurados de morte e assassinados. Geralmente esses líderes eram guardados pelos capoeiristas. Um nome sobressaiu até hoje e é cantado nas rodas de capoeira em todo o Brasil e no mundo, "Besouro".

Destaco um pequeno conceito da capoeira regional e de Angola.

A Capoeira Regional é uma manifestação da cultura baiana, que foi criada em 1928 por Manoel dos Reis Machado (Mestre Bimba). Bimba utilizou os seus conhecimentos da Capoeira Angola e do Batuque (espécie de luta-livre comum na Bahia do século XIX) para criar este novo estilo.

Capoeira-three-berimbau-one-pandeiro Capoeira de Angola:
"Os mais lentos, calmos, são os preferidos pelos ‘angoleiros’, mais apegados às tradições africanas e aos aspectos lúdicos da capoeira, considerada principalmente como um jogo de habilidades, coreografia e técnica, enquanto os ‘regionais’ são mais afeitos aos toques mais rápidos, que acentuam a belicosidade inerente ao conceito de luta, objetivo final desta última modalidade."


Um beijo, espero que curtam e até a próxima terça.


Quer saber mais clique aqui---->> "Sandra Cajado Arte & Cultura"

3 comentários:

Leonam Souza disse...

Olá linda Jéssica,
Obrigado pelas palavras de incentivo e afeto. Isto nos faz prosseguir cada vez mais firme na luta por um mundo melhor. Não é utopia, é uma necessidade. Reunindo pessoas conscientes e engajadas na causa ambiental um dia qualquer esta Terra se tornará um paraiso (Puxa! Isso vai demorar mesmo, heim!!??). Seu blog é uma maravilha. Gosto muito de música e dança. Morei em Salvador-BA e lá comia acarajé vendo a performance de grupos de capoeiristas no quiosque da prais de Amaralina. Que saudade! Também estou com saudade de Belém, minha terra natal, morena e cheirando a patchouli - dançar o carimbó, serimbó e siriá, comer vatapá, caruru e munguzá, olhando as águas amareladas no por do sol da baia de Guajará. Até rimou. São 02:30h e preciso descansar para enfrentar mais um dia de trabalho, daqui a pouco. Graças a Deus. Não esqueça da Hora do Planeta, dia 27/03 e apareça sempre lá no BdL. Um graaaaande abraço do Leonam.

Black Queen disse...

Olá linda!!
ah falar de dança do ventre pra mim é tudo de bom!!!
eu pratico a algum tempo,comecei a aprender só pra apimentar o casamento,então aprendi alguns movimentos basicos com uma amiga, depois deixei de lado,mas a 1 ano retomei pra entrar em forma e pratico assistindo a video aulas no you tube com os videos da Patricia Farah.
amei o post!
amo musica e consequentemente amo a dança,bjks!

Lαrissα Erikα disse...

Oi Jéssica.
Como você está ?
Bem quero te agradecer, por está seguindo meu Blog, e te dizer que sempre será muito bem vinda.
Você está de parabéns.
Muito lindo aqui, já sou uma das suas leitoras. Beijo

A dança é uma das maiores artes.