Pedaços de mundos, amores inteiros, em suma: Amizade(Meu texto no A&C)

sexta-feira, 11 de junho de 2010

tumblrl3cx5t3gnc1qb5k6nO texto original você encontra aqui 

 

Olá meus queridos quantas saudades, o tempo anda remido, mas escrever aqui é um refúgio para a doce alma de uma estudante pré-vestibulanda, e meu coração continua ritmando dança através da alma.

Aos amigos e leitores meu carinho sempre pra todos vocês.

O artista é movido pela paixão de sua arte provinda de sentimentos do dia a dia, uma explosão para externar ao mundo sua criação.

Criar, tecer e administrar sorrisos na platéia e quem sabe contagiar alegria por onde passa.

Acontecimento vem e vai, mas continuamos aqui no mesmo lugar, trazendo pra nós o mundo de outras pessoas amigas e recebendo também um mundo do lado de lá pra cá.

Amigos são assim sempre, trocam pedaços de seus mundos sem perder suas raízes, mas devemos admitir que muitas vezes  mudamos e nos tornamos pessoas melhores.

Amigos verdadeiros passam em nossas vidas e eternizam em nossas lembranças momentos únicos e exclusivos.

Hoje a coluna seria sobre dança junina, porém na hora da edição mudou o contexto do escritor, o sentimento falou mais alto, chorou e gritou nas palavras por não poder abraçar um amigo que mora longe, que faz falta, porém está presente sempre no pensamento e no coração.

Amigo valioso que não precisa dizer nada, apenas o estar ao lado basta, mesmo que seja do outro lado de uma tela em LCD.

Aos amigos a palavra obrigada soa muito pouco, pois não existe a palavra certa para que eu possa expressar a existência de todos vocês.

Vale à pena ter amigos, vale a pena ser um amigo.

Um beijo no coração e obrigada queridos por compartilharem a dança da amizade comigo.

Visite minha coluna : Dança é arte e dançar faz parte

No Portal  “Sandra Cajado Arte & Cultura”

2 comentários:

Fabby Viana disse...

Olá, meu anjo...
Sempre passo por aqui...um ótimo lugar para estar...rs

Um grande beijo

Mudei o endereço do meu blog, dá uma passadinha lá.

http://carpedieminsights.blogspot.com/

André disse...

caramba Jéh,
quanta saudade...